vitalis

promoção

e

desenvolvimento

social

Associação civil, pessoa jurídica de direito privado, de interesse público, de fins não econômicos, com duração por tempo indeterminado. Fundada em 2007 pela Dra Mônica Curvello Machado, certificada como OSCIP em 2008 e âncora dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio – ODM (2000 – 2015), através do acordo de subvenção do PNUD em 2014 e 2015. Também é âncora do Movimento Estadual dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável –  ODS (2015 – 2030). 

missão

Trabalhar na promoção, mobilização e sensibilização de projetos sociais de forma socialmente responsável, tornando-se parceira na construção de uma sociedade sustentável, justa e igualitária.

visão

 As Instituições são importantes agentes de promoção do desenvolvimento social e possuem importante influência nas transformações do planeta. 

A adoção de um comportamento socialmente responsável é fundamental no processo de preservação do meio ambiente e do patrimônio cultural, na promoção dos direitos humanos e na construção de uma sociedade próspera e de um mundo melhor.

 É fator relevante a conquista do respeito das pessoas e das comunidades que serão impactadas pelas atividades. O resultado será o reconhecimento da sociedade pelas nossas atitudes.

Valorizar as necessidades de segmentos carentes e excluídos, promovendo inclusão social e melhoria da qualidade de vida.

Promover o conhecimento básico para determinar mudanças de atitudes para a valorização social.

Pacto Global

A Instituição Vitalis, sendo  signatária do PACTO GLOBAL, compromete-se a seguir os 10 princípios no dia dia de suas ações. São eles:

Direitos Humanos

  1. As empresas devem apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente; e
  2. Assegurar-se de sua não participação em violações destes direitos.

Trabalho

  1. As empresas devem apoiar a liberdade de associação e o reconhecimento efetivo do direito à negociação coletiva;
  2. A eliminação de todas as formas de trabalho forçado ou compulsório;
  3. A abolição efetiva do trabalho infantil; e
  4. Eliminar a discriminação no emprego.

Meio Ambiente

  1. As empresas devem apoiar uma abordagem preventiva aos desafios ambientais;
  2. Desenvolver iniciativas para promover maior responsabilidade ambiental; e
  3. Incentivar o desenvolvimento e difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis.

Anticorrupção

  1. As empresas devem combater a corrupção em todas as suas formas, inclusive extorsão e propina.

Av. Rio Branco, 147 / Salas 1101 a 1103 – CEP: 20040-910 – Rio de Janeiro – RJ – Brasil
Tel.: (21) 99613-3110
E-mail: [email protected]
             [email protected]